Há uma nova raça de gatos domésticos na Europa. Eis os Salmiak e onde os encontrar

raça de gatos Europa
[Fotografia: Captura de ecrã/Animal Genetics]

Corria o ano de 2007 quando foi encontrado um gato cuja pelagem adquiria um tom grisalho, mesmo nas mais tenras idades, e com propensão para aclarar nas extremidades. Cerca de 14 anos depois, um estudo vem indicar que se pode estar diante de uma nova espécie de gato encontrado na Europa, com mutações genéticas identificadas.

Segundo a investigação científica levado a cabo na Universidade de Helsínquia, na Finlândia, e publicado na revista Animal Genetic, estes animais domésticos apresentam tendencialmente caudas brancas e olhos amarelos ou verdes. A pelagem nos gatos de tons pretos faz lembrar o alcaçuz, raiz com propriedades terapêuticas e muito usado como edulcorante, tendo sido por isso atribuído o nome Salmiak. Contudo, ela é também identificável em felinos de outras tonalidades.

De acordo com a análise, esta nova tipologia de gatos foi identificada após testes de ADN feitos a partir de amostras de sangue de quatro felinos que cumpriam aquelas características físicas. E se, inicialmente, os resultados pareciam inconclusivos, a resposta chegou depois com a sequenciação de todo o genoma, que apresentou alterações no gene KIT, responsável pela coloração.

Os resultados (que pode consultar no original aqui) foram depois confrontados com os dados recolhidos de 180 gatos domésticos e mais três do novo fenótipo, concluindo que os que apresentavam duas cópias da mutação tinham a coloração salmiak e os restantes tinham uma ou mesmo nenhuma, confirmando, assim, a mutação genética.