Subir

Irlanda realiza inquérito nacional sobre abusos sexuais

O governo da Irlanda anunciou esta quinta-feira, 4 de janeiro, que vai realizar um inquérito nacional para apurar os números do abuso e violência sexual no país.

A pesquisa, que o executivo irlandês pretende que seja tão abrangente quanto possível, vai também analisar em detalhe o assédio sexual nos locais de trabalho.

Segundo a Ministra da Família, Katherine Zappone, citada pelo ‘The Journal’, esta é um aspeto que o governo pretende ver melhor refletida, no novo inquérito nacional, já que na pesquisa realizada 2002 sobre a temática dos abusos sexuais o assédio no local de trabalho era apenas uma subsecção.

Desta vez, haverá um módulo inteiro dedicado a essa vertente, que pretende também apurar se a Irlanda possui mecanismos adequados de proteção para os trabalhadores assediados.

“Esta análise é o reconhecimento de que acreditamos e apoiamos todos aqueles que sofreram assédio sexual, muitos em silêncio, nos seus locais de trabalho”, afirmou a ministra.

Katherine Zappone sublinha que é necessário “enfrentar a realidade da violência e do abuso sexual e do assédio” e “aplicar políticas e recursos financeiros no seu combate”.

Esta é a segunda vez, em 16 anos, que a Irlanda realiza um inquérito sobre violência sexual. Na altura, segundo o ‘The Journal’, a pesquisa mostrou que mais de três mil adultos sofriam de violência sexual. O inquérito focou-se não apenas nas respostas das vítimas mas também na perceção geral da sociedade irlandesa sobre a violência sexual.

Irlanda anuncia realização de referendo sobre o aborto

Imagem de destaque: Shutterstock