Subir

Há uma nova Mary Poppins. E também é inglesa

Julie Andrews interpretou 'Mary Poppins' no filme original de 1964 …

A imagem da ama com poderes mágicos mais famosa do cinema ficará para sempre associada à de Julie Andrews, a atriz britânica que a interpretou no cinema em 1964. Mais de meio século depois, uma outra Mary Poppins está para nascer.

Para a nova produção da Disney, remake do original homónimo que se estreará a 25 de dezembro de 2018, foi chamada Emily Blunt, também ela inglesa, para vestir a pele da babysitter saída dos livros escritos por P. L. Travers. Neste caso, Rob Marshall assumirá a realização e David Magee assinará o argumento.

Emily Blunt vai protagonizar a história no remake que a Disney estreará no final de 2018

Emily Blunt vai protagonizar a história no remake que a Disney estreará no final de 2018

A longa metragem da década de 1960, na altura galardoada com cinco Óscares e que atualmente ocupa a sexta posição na lista do American Film Institute dos 25 maiores musicais norte-americanos de todos os tempos, foi a que conseguiu maior receita a nível mundial no ano do seu lançamento – deixou para trás ‘007 Contra Goldfinger’ e ‘My Fair Lady’.

Uma responsabilidade acrescida para Blunt, de 33 anos, que aqui contracenará com o Lin Manuel Miranda na pele de Jack – uma nova personagem nesta história, mas pertencente a outro romance de Pamela Lyndon Travers. A ação desenrolar-se-á numa época em que Jane e Michael Banks, os miúdos de quem Mary Poppins toma conta, já se encontram na fase adulta.

Ana Filipe Silveira