Subir

Lisboa debate o papel da mulher no cinema português e espanhol

O cinema feito por mulheres e com mulheres, a representação da figura feminina e as questões de identidade de género serão abordadas num simpósio sobre cinema português e espanhol, em setembro, em Lisboa.

Mulheres no cinema ibérico decorrerá nos dias 11 e 12 de setembro com investigadores portugueses e estrangeiros a debaterem e a apresentarem estudos sobre “o lugar das mulheres nos cinemas de Portugal e Espanha, através de uma revisão da teoria feminista e pós-feminista“, lê-se no programa.

links_TronosAo longo dos dois dias de apresentações, no caso do cinema português haverá apresentações sobre a obra de Margarida Cardoso, de Catarina Mourão ou de Bárbara Virgínia, considerada a primeira realizadora portuguesa.

Do programa faz parte, por exemplo, uma apresentação da investigadora Hillary Owen sobre filmes de Teresa Villaverde, Solveig Nordlund e Raquel Freire, numa análise sobre “feminismo, socialismo e materialismo” e contextualizada com os referendos sobre a despenalização do aborto.


2016 foi o ano em que mais mulheres protagonizaram películas


Ana Catarina Pereira, da Universidade da Beira Interior, propõe fazer uma “breve história das mulheres cineastas em Portugal”, tendo em conta que “poucas são as que definem os seus [trabalhos] como feministas”, como refere no resumo da comunicação.

Já Estela Vieira, da Indiana University (EUA), dedicará uma apresentação à forma como o cinema representa e perpetua a violência, enquanto Júlia Mendes Pereira, da Universidade de Lisboa, recordará a realidade “ainda incipiente” da presença de “personagens transfemininas” nos filmes portugueses.

No simpósio será ainda mostrada a curta-metragem, ainda em concretização, de Luísa Sequeira sobre Bárbara Virgínia, que morreu em 2015, aos 92 anos.

No âmbito deste encontro académico, acontecerá ainda um debate sobre mulheres no cinema português, na Fundação Calouste Gulbenkian, moderado pela jornalista Ana Sousa Dias e com a participação da programadora Cíntia Gil, da realizadora Susana de Sousa Dias, da produtora Joana Ferreira, da argumentista Rita Benis e de Cristina Matos Silva, comissária da Lisboa Film Commission.

O simpósio Mulheres no cinema ibérico decorrerá no Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, organizador da iniciativa.

Imagem de destaque: Shutterstock

Cb com Lusa