Maquilhe-se como as grávidas do momento: Kate Middleton e Chiara Ferragni

A duquesa de Cambridge, Kate Middleton, deu o mote para o tema, quando, apesar da polémica que a sua indumentária gerou nos BAFTA, surgiu impecavelmente maquilhada nos prémios do cinema britânico, no último domingo, estando grávida de sete meses. Num outro estilo, tom e atitude, também a influencer Chiarra Ferragni tem dado lições de bom gosto, beleza e saúde enquanto vive a sua primeira gestação.

Por isso, é tempo de deitar por terra alguns mitos e ficar a saber o que pode e deve ser usado nesta fase da vida da mulher em que as mudanças hormonais, cansaço e noites mal dormidas são alguns dos problemas mais frequentes, e que provocam, muitas vezes, alterações na pele, nomeadamente vermelhidão, acne, olheiras e manchas no rosto. Para além da aplicação de produtos específicos, a solução para minimizar as alterações da tez passa também pela preciosa ajuda da maquilhagem.

Kate Middleton nos prémios BAFTA, em 2018 [Fotografia: Pool New/reuters]

Percorra o shopping acima onde reunimos uma seleção de aliados de beleza perfeitos para usar durante a gravidez e inspire-se em duas das grávidas mais faladas do momento!

Produtos proibidos: O que é isso?

É natural que as futuras mães questionem todos os seus hábitos: alimentação, exercício físico e, claro, as rotinas de beleza. A boa notícia? O mito de que a maquilhagem pode prejudicar o feto não passa disso mesmo, um mito. As bases, batons ou sombras de olhos têm uma ação física na pele, mas não penetram na corrente sanguínea, ou seja, não são nocivas para o bebé.

E mais: dado que a gestação é um período de felicidade na vida da mulher, não faz sentido que se descure a aparência só porque se está grávida. Cuidar da pele do corpo e do rosto, realçando o seu brilho natural, é também uma maneira de manter a autoestima ao longo da gravidez.

Contudo, nem todos os tipos de maquilhagem são ideais nesta fase de vida. Na hora de selecionar os produtos que vai utilizar, deve ter em consideração algumas questões, para garantir que estes salientam a sua beleza e não o contrário. E, caso verifique alguma alteração fora do comum na pele, há que consultar aconselhamento especializado na matéria, para que não corra o risco de estar a aplicar os aliados de beleza errados para resolver o problema dermatológico.

Guia de maquilhagem para grávidas

Regra principal: evite aplicar muita maquilhagem, uma vez que as reações hormonais levam, muitas vezes, à subida da temperatura corporal e, por consequência, à transpiração em excesso. Nesta fase de vida, é aconselhável que opte por produtos menos espessos, para que a pele possa respirar à vontade.

A pele oleosa é outro problema que afeta as futuras ‘mamãs’. Nesta situação, o melhor é eleger produtos hipoalérgicos, que não tapem os poros do rosto. Quem sofre de acne durante a gestação, deve optar por bases oil free ou um pó compacto. Por norma, as fórmulas compostas essencialmente por pós minerais (como os pós compactos, blushes ou sombras de olhos) não provocam, habitualmente, irritações na pele. Para camuflar as marcas de borbulhas deixadas pelo acne ou as olheiras e os ‘pés de galinha‘, opte por aplicar corretores de textura fluída, com pequenos toques.

Se o objetivo é evidenciar o brilho natural da pele durante a gravidez, não há nada como um bom blush para conferir um aspeto natural e saudável ao rosto. O lápis de olhos, a máscara de pestanas e o hidratante labial são outros aliados de maquilhagem que pode adotar para ficar ainda mais bonita durante a gestação.

Um conselho: antes de aplicar a maquilhagem, verifique se os pincéis estão limpos e desinfetados, por forma a evitar a disseminação de bactérias.

Cuidados de rosto na gravidez

Atenção: antes da maquilhagem, existem outros passos da rotina de beleza diária que não pode pôr de parte. Limpar (preferencialmente, duas vezes ao dia), hidratar e desmaquilhar o rosto – utilizando produtos com fórmulas suaves – são alguns dos rituais que não podem ficar esquecidos.

Todavia, existem alguns ingredientes presentes nos produtos de cosmética que não são recomendados durante a gravidez, como é o caso dos ativos alfa-hidroxiácidos – em concentração relevante – retinol, pró-retinol, ácido salicílico ou ácido hialurónico. Há que ter atenção ainda que a pele se vai modificando ao longo dos nove meses e que o mais certo é ter que adaptar os produtos que utiliza durante a gravidez.

A par destes passos da rotina de beleza diária, saiba que a proteção solar também é essencial durante este período (aliás, em qualquer fase da vida). “Utilizar proteção solar FPS50 é essencial para evitar o aparecimento de manchas [melasma], algo muito comum na gravidez”, explica a maquilhadora Francisca Bairros ao Delas.pt. Pode optar por cremes com cor que protegem do sol ou, no caso de preferir aplicar pó compacto, não se esqueça de aplicar o protetor solar antes.

Imagem de destaque: Shutterstock

Unhas: os tons mais ‘in’ desta primavera

Maquilhagem simples e de contraste para realçar negro quase total