Subir

Marchadora reconhecida com Medalha de Excelência do Comité Olímpico

Inês Henriques recebeu a Medalha de Excelência Desportivo do Comité Olímpico de Portugal (COP), com Cristiano Ronaldo a ser galardoado com o Prémio Prestígio.

Campeã mundial de uma inédita prova dos 50km marcha, com recorde do mundo em Londres, Inês Henriques foi escolhida como a melhor atleta feminina do ano.


Leia mais sobre a prova e sobre a atleta aqui


“Sempre achei que era uma injustiça as mulheres não poder fazer os 50km marcha. Agarrei a ideia do meu treinador com toda a força para tentar cumprir o sonho de uma vida“, disse a atleta de Rio Maior.

Tal como no ano passado, o canoísta Fernando Pimenta foi o melhor atleta masculino do ano, depois da medalha de prata em K1 1000 metros e a de ouro nos K1 5000 nos Mundiais. O atleta foi também reconhecido com a Medalha de Excelência Desportivo do Comité Olímpico de Portugal.

“O primeiro (segredo), é o meu treinador. Depois, trabalho, humildade e disciplina. Este era um ano muito importante para mim, depois de o ano anterior não ter corrido como queria. Este ano voltei a ser consistente em termos de resultados”, disse o canoísta.

Campeão europeu e espanhol pelo Real Madrid, Cristiano Ronaldo foi galardoado, por seu lado, o Prémio Prestígio do COP.

A Ordem Olímpica Nacional foi entregue a Jorge Miguel, o principal responsável pelo desenvolvimento da marcha atlética no Clube de Natação de Rio Maior.

Medalha de ouro nos 200 metros obstáculos nos Jogos Olímpicos da Juventude Europeia, Edson Barros recebeu o Prémio Juventude, com o Prémio de Ética Desportiva a ser entregue a Carlos Gonçalves e a Medalha de Mérito a Fátima Monge Silva, ex-selecionador de andebol.

Imagem de destaque: DR