Subir

Marine Le Pen ataca Hillary Clinton

Marine Le Pen disse, esta quarta-feira, que “para a França, qualquer coisa é melhor que Hillary Clinton”.

Numa entrevista exclusiva à CNN, a líder da Frente Nacional não poupou nos ataques à candidata dos democratas ao cargo de presidente dos Estados Unidos da América.

Apoiante de Donald Trump, Le Pen afirmou que a vitória de Hillary traria “guerra” e “instabilidade”. “Para a França, qualquer coisa é melhor que Hillary Clinton. Tudo menos Hillary Clinton”, começou por declarar, acrescentando que a secretária de Estado do governo de Obama “significa guerra”. “Hillary Clinton significa devastação. Significa instabilidade mundial”, sustentou.

Na mesma entrevista, Le Pen comparou-se a Donald Trump, o candidato republicano à Casa Branca, que tem feito campanha visando os imigrantes e as minorias, mas também acusando Hillary Clinton de estar ao serviço de lobbies e interesses financeiros.

“Nós somos parecidos porque não fazemos parte do poder, nem do sistema, e não dependemos de ninguém, nem recebemos ordens de ninguém”, disse a líder do partido de extrema-direita francês.

Tal como Trump, também Marine Le Pen vai entrar na corrida para as presidenciais francesas, que se realizam no próximo ano e, de acordo com as sondagens já realizadas, deverá passar à segunda volta, nas eleições.


Leia também: Marine Le Pen pede demissão do ministro do Interior francês


 

Imagem de destaque: REUTERS/Heinz-Peter Bader

Ana Tomás