Marta anunciou fim de carreira este ano, mas admite esticar para ir ao Mundial do Brasil

FILES-FBL-BRA-MARTA
[Fotografia:DENIS CHARLET / AFP]

Quando o anúncio foi feito, não pensei em outra coisa se não estar aqui no Brasil, com as meninas e com todos vós, a viver esse momento que será histórico”. A frase é da atleta Marta numa conferência de imprensa na qual comentou o facto de o Brasil vir a ser o palco do Mundial feminino de futebol, em 2027.

Recorde-se que a futebolista e atleta da seleção brasileira de 38 anos tinha afirmado que se despediria da modalidade este ano, aquando dos Jogos Olímpicos de Paris. Contudo, o fim pode agora ser adiado mais três anos. “Prefiro viver um dia de cada vez. Fiz a minha declaração sobre a seleção no começo deste ano, mas vem aí um Mundial”, afirmou.

Sobre a vinda da competição para território brasileiro, Marta considera que “estava mais do que na hora do futebol feminino brasileiro ter esse reconhecimento”. “Essa Copa sem dúvida será um marco histórico”, acrescentou na conferência de imprensa.