Mulheres de Pedrógão Grande e Serralves distinguidas

Nádia Piazza, a mulher que perdeu o filho nos trágicos incêndios de Pedrógão Grande, de 17 de junho de 2017, e que se tornou fundadora e líder da Associação das Vítimas do Incêndio, e Ana Pinho, economista, gestora e presidente da Fundação de Serralves, foram as vencedoras do Prémio Dona Antónia Adelaide Ferreira de 2017.

Aquela mãe e mulher que se tem batido pelos que perderam família e não só naquela tragédia, revelou ao Jornal de Notícias que recebeu o prémio com “espanto e humildade”. Nádia Piazza afirmou ainda: “Jamais me atreveria a aspirar integrar um grupo de mulheres tão notáveis e com percursos tão brilhantes”, afirmou.

“Muito honrada”, afirmou Ana Pinho após ter sido congratulada por um prémio que vai já na sua 30ª edição e que distingue personalidades do sexo feminino que revelem “uma identificação estreita com os valores pessoais e profissionais”. Segundo o mesmo periódico, trata-se de “um reconhecimento do trabalho que Serralves tem feito na cultura e na democratização do seu acesso”.

Leia mais em jn.pt

Imagem de destaque: DR

Incêndios: “Daqui a cinco anos vai ser pior”

Serralves: Mulher ao leme do Museu de Arte Contemporânea