Canábis: um negócio cada vez mais feminino

A percentagem de mulheres que está envolvida no mercado de canábis, na Califórnia, nos Estados Unidos da América, está a aumentar. Desde naturopatas, a advogadas e diretoras executivas de companhias que estão a lidar com o negócio, há também exemplos únicos: entre eles, o das freiras Sisters of the Valley que cultivam esta planta para fins medicinais.

As mulheres assumem 42% das posições de liderança nos negócios associados à canábis e 35% nos dispensários que vendem a marijuana e outros produtos com canábis, segundo os dados da Marijuana Business Daily. No global da indústria, a percentagem desce para 27% – mas, ainda assim, é mais elevada do que a média de outros mercados, onde o número de mulheres no poder ronda os 20, ou seja, 1/5 do total.

Leia reportagem do Diário de Notícias na íntegra

Imagem de destaque: Shutterstock