Subir

Nantes contra Marine Le Pen

Marine Le Pen

Dezenas de manifestantes estão a protestar e a tentar fechar o acesso a uma sala de espetáculos em Nantes, em França, para a qual está previsto um encontro com a candidata à presidência francesa Marine Le Pen.

O ambiente na cidade é de alta tensão, o que provocou o envio de um importante dispositivo policial nas horas que antecedem o encontro com a candidata da extrema-direita às presidenciais, previsto para as 15:00 horas (14:00 horas em Lisboa).

Os manifestantes, na sua maioria da extrema-esquerda, estão a impedir os acessos das ruas que levam à sala de espetáculos, situada nos arredores de Nantes, que é uma cidade conhecida pela sua militância de esquerda.

Nantes, antes que acabe

Um contingente importante de polícias antimotim está a impedir a ação dos manifestantes, mas a tensão está a crescer à medida que se aproxima a hora do encontro.

No sábado, uma manifestação no centro da cidade reuniu mais de 2.000 pessoas em protesto contra o encontro de Marine Le Pen na cidade hoje, acabando em confrontos com a polícia antimotim.

Os distúrbios acabaram com oito pessoas presas, 11 polícias feridos ligeiramente e muitos danos nos estabelecimentos comerciais e equipamentos da cidade, que fica no noroeste da França.

A primeira volta das eleições presidenciais em França realiza-se a 23 de abril e, uma eventual segunda volta, a 07 de maio.

Lusa