Nova imagem da Nuxe aposta no instinto feminino

a carregar vídeo

Dizem que somos dotadas de um sexto sentido, aquele instinto natural que, nós mulheres, temos e no qual a Nuxe sustenta agora a sua imagem com a máxima: “Instinctive Beauty” (“Beleza Instintiva”, em português). Expressão que ganha dimensão num pequeno vídeo que pretende fortalecer os valores da marca francesa e ajudar a afirmá-la como única no mundo da cosmética.

Produzido e realizado por Benjamin Millepied, este filme publicitário, de apenas 30 segundos, traz-nos o despertar de uma mulher que vai dançando de forma fluida, dando a conhecer a sua feminilidade de forma natural. Tão natural que se torna bela. É algo inconsciente e verdadeiro, algo instintivo. É desta forma que a marca e o realizador querem passar a mensagem de que a beleza é algo natural, é instinto.

“’Instinctive Beauty’ é a forte mensagem que Aliza Jabès, CEO e fundadora do Grupo Nuxe, quer enviar às mulheres: ‘O instinto é um novo poder. Uma força que todos devemos ouvir. Este instinto é de onde a beleza vem”. As mulheres sabem o que é bom para si. “Instictive Beauty” é a visão de beleza da Nuxe: colocar as mulheres em contato com sua natureza interior”, explicou Sónia Garnier, Diretora Internacional de Comunicação da Nuxe ao Delas.pt.

Esta nova visão da marca era necessária, pois “precisávamos mostrar com mais força o que é a Nuxe, fortalecer aquilo em que é diferente, bem como a sua identidade, para que seja facilmente reconhecível. Para tornar a marca mais forte, mais única, mais internacional”, além disso “é importante renovar a nossa imagem, continuar a ser diferente dos nossos concorrentes. Manter a nossa posição de marca líder, com uma imagem premium, mas fiel ao nosso DNA”, revelou ainda Sónia Garnier.

Esta abordagem da Nuxe vem assim reforçar as bases de uma marca de cosméticos naturais que conta já com 25 anos de existência. Ao longo do tempo, o mercado foi-se alterando, sobretudo com a possibilidade de poder adquirir produtos online – uma prática que não permite cheirar ou experimentar o produto antes de o comprar –, por outro lado, as redes sociais tornaram-se excelentes vias de publicidade.

“A publicidade que as redes oferecem aos produtos ajuda a dar credibilidade a uma marca. Os números falam por si, quase 40% dos consumidores dizem ser mais provável comprarem uma marca que já tenham visto no Facebook ou no Instagram. Além disso, a publicação de opiniões atrativas fazem com que os consumidores tenham mais confiança nos produtos que vêm nas redes”, afirmou Sónia Garnier.

O vídeo institucional encontra-se disponível acima, caso queira dar uma espreitadela em primeira mão.

 


Conheça também a máscara facial feita de estrelas.

Conheça ainda as toalhitas que acabam com o cabelo oleoso.