Subir

O concerto de Kanye West: três músicas e críticas a Beyoncé e Jay-Z

O espetáculo que o rapper norte-americano deu no sábado à noite em Sacramento, na Califórnia, EUA, poderá entrar na lista dos mais estranhos de sempre. Kanye West não só se limitou a entrar em palco com uma hora de atraso como os (poucos) minutos que se seguiram serviram para criticar Beyoncé e Jay-Z. Três músicas depois de ter entrado no Golden 1 Center, o marido de Kim Kardashian abandonou os cerca de 13 mil fãs que o esperavam ouvir.

“Beyoncé, fiquei magoado porque ouvi dizer que não atuarias mais se não ganhasses o Video of the Year em vez de mim e contra Hotline Bling’ [de Drake]”, disse West, insinuando que a atribuição do prémio na recente edição dos MTV Video Music Award à artista pelo tema ‘Formation’ ter sido manipulação. “Estou aqui para falar a verdade, mesmo colocando em risco a minha própria vida, o meu sucesso, a minha carreira”, acrescentou.

Logo a seguir, o autor de temas como ‘Fade’ e ‘Famous’ virou-se para Jay Z. “Sei que tens assassinos. Por favor, não os envies para me apontarem armas à cabeça. Fala comigo como um homem”, disse Kanye West. Saiu do palco e não regressou.

Recorde-se que na passada semana West foi vaiado, num concerto também na Califórnia, quando admitiu o seu apoio ao recentemente eleito presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Ana Filipe Silveira