O detalhe da capa da revista Time em que ninguém reparou

A capa da revista Time que elegeu o movimento #MeToo como personalidade do ano, retrata cinco mulheres e um braço. No canto inferior direito da capa, mesmo abaixo de Taylor Swift, vê-se um braço numa manga de um casaco preto de veludo e apenas isso: não há rosto nem nenhum outro detalhe desta mulher que foi cortada da imagem propositadamente.

Este detalhe faz toda a diferença já que simboliza todas as mulheres anónimas que passaram por histórias de assédio ou abuso sexual e que não partilharam publicamente a sua história. O braço pertence ” a uma funcionária de um hospital que foi vítima de assédio e que sentiu que não se podia expor publicamente”, revelou Charlotte Arter, correspondente da revista, ao site Buzz Feed.

A história desta mulher anónima de 28 anos, mãe de dois filhos, foi contada na revista, bem como a história de uma outra mulher anónima de 22 anos que se viu obrigada a despedir-se para acabar com o assédio sexual de que estava a ser vítima.

Campanha #MeToo eleita Personalidade do Ano pela Time