Subir

É oficial: Hillary Clinton é a primeira mulher candidata à presidência dos EUA

Hillary Clinton, de 68 anos, tornou-se na noite de terça-feira a primeira mulher a ser nomeada candidata à Casa Branca por um grande partido norte-americano. Fez uma intervenção surpresa na convenção nacional do Partido Democrata, horas depois, através de videoconferência, para agradecer aos apoiantes e dirigir-se às jovens do país.

“Se algumas meninas ficaram acordadas até tarde para ver [a nomeação], deixem-me dizer-vos que eu posso vir a ser a primeira mulher Presidente [dos EUA], mas uma de vocês será a próxima”, afirmou Hillary Clinton.

A candidata à Casa Branca agradeceu a nomeação, que disse ser uma “honra incrível”. “Que dia e que noite extraordinários”, afirmou, falando num momento “sem precedentes” para as mulheres.

“Obrigada a todos vocês e a todos aqueles que lutaram para que isto fosse possível”, acrescentou, na mensagem que dirigiu à convenção democrata, reunida em Filadélfia.

Antiga primeira-dama (mulher do Presidente norte-americano Bill Clinton), senadora e secretária de Estado, Hillary Clinton ultrapassou os 2.383 votos de delegados necessários para ser candidata do partido às eleições presidenciais de 08 de novembro nos Estados Unidos.

Bill Clinton, a considerou a mulher uma “líder natural” e fez um discurso em que a considerou uma mulher de mudanças, fazendo referência à corte que lhe fez quando a começou a namorar.

Hillary Clinton vai defrontar Donald Trump, nomeado a semana passada como candidato do Partido Republicano. A nomeação de Hillary Clinton foi formalmente apresentada pela senadora Barbara Mikulski, do Maryland, a mulher mais antiga na história do Congresso dos Estados Unidos.

LUSA