Subir

Mulheres do PSD vão juntar Rui Rio e Santana Lopes

As Mulheres Sociais-Democratas estão a preparar um encontro onde vão reunir os dois candidatos à liderança do partido: Rui Rio e Pedro Santana Lopes.

“Estamos a organizar este evento com o objetivo de aprovar o estatuto que nos permita criar uma estrutura de mulheres autónoma dentro do PSD e elaborar o texto de uma moção que queremos levar ao congresso (16 a 18 de fevereiro) neste matéria”, afirma Lina Lopes.


Conheça outras reivindicações deste grupo feminino


A coordenadora nacional das Mulheres Sociais-Democratas quer levar os dois candidatos à sucessão de Pedro Passos Coelho a discutir, entre outras medidas, os projetos que têm em mente no que diz respeito à participação e envolvimento das mulheres no partido. “Queremos ouvi-los sobre esta matéria, explica ao Delas.pt a mesma responsável.

Lina Lopes [Fotografia: Facebook]

O encontro terá lugar a 18 de novembro, na União de Associações do Comércio e Serviço (UACS), em Lisboa, e contará, primeiro, com a participação de Rui Rio, às 17h30. Uma hora depois, será altura de ouvir as propostas de Pedro Santana Lopes. É ainda esperada a presença do líder demissionário, Pedro Passos Coelho, que poderá falar a esta estrutura às 19h00.

“A moção já tinha sido aprovada, mas nada foi feito”

Esta não é a primeira vez que as Mulheres Sociais-Democratas tentam autonomizar-se e ganhar mais voz e preponderância dentro da estrutura social-democrata.

Já no último congresso, em abril de 2016, em Espinho, tinham apresentado uma moção no mesmo sentido. “Já tinha sido aprovada no ano passado, mas nada foi feito desde aí”, lamenta a mesma coordenadora, que é também a presidente da Comissão de Mulheres da União Geral dos Sindicatos.

Imagem de destaque: Shutterstock