Rita Guerra “está a recuperar e regressa aos palcos em setembro”

Rita Guerra, de 49 anos, está internada no hospital mas, de acordo com a agente da cantora, a situação está controlada. O Delas.pt falou com Anabela Conceição que garantiu que Rita deverá regressar aos palcos brevemente.

“A única coisa que posso adiantar é que ela está a recuperar“, diz a responsável pela carreira da artista, sem adiantar o problema de saúde que Rita Guerra enfrenta no momento. “Não é mesmo relevante. Percebo a curiosidade das pessoas, mas é um problema da Rita e, claro, da sua família. Infelizmente tivemos que tornar a situação pública porque eram três concertos, no espaço de 24 horas, e por obrigação tínhamos mesmo de o fazer”, garante ainda Anabela Conceição.

Na página oficial de Rita Guerra foi emitido este comunicado, que dava conta do cancelamento de três concertos da cantora [Fotografia: Facebook]

Recorde a última entrevista da cantora em Rita Guerra: “É um ‘não’ que, por vezes, nos salva”


Rita Guerra tinha agendado um concerto para hoje, 14 de agosto, em Reguengos de Monsaraz, que foi também desmarcado. Era este o último espetáculo antes das férias que Rita tinha programadas até ao final do mês. “Ela agora tinha uns dias de repouso, mas os concertos agendados para setembro não estão de todo em risco”, assegura a agente. “Segundo os médicos ela estará mais que apta para que, no início de setembro, possa voltar à estrada em pleno”, garante Anabela Conceição.

 

Aos 49 anos, Rita Guerra é mãe de três filhos (Fotografia: LeonardoNegrão/Global Imagens)

Recorde-se que Rita Guerra tem três filhos: Nuno, de 32 anos, Diogo, de 25, e Madalena, de 10. Casou, simbolicamente, pela quinta vez com André Bergano, realizador de programas de televisão, ao fim de dois anos de namoro. Não assinaram papéis, mas trocaram alianças, no passado dia 7 de junho, como gesto de união.

Casamento. Muito mais do que um contrato assinado é a vontade de estar e partilhar com alguém tudo o que de mais importante temos na vida, bom ou mau. Haveremos de assinar o papel, talvez; é um pormenor. O que realmente importa, já temos”, escreveu Rita Guerra na legenda da fotografia, publicada nesse mesmo dia no Facebook.

Fotografia de destaque: LeonardoNegrão/Global Imagens