Salma Hayek ameaçada por Harvey Weinstein

O produto norte-americano Harvey Weinstein ameaçou partir as rótulas a Salma Hayek, por esta recusar os seus avanços sexuais. A confissão foi feita pela própria atriz, durante uma conversa filmada com Oprah Winfrey.

A artista de origem mexicana contou que a ameaça de Weinstein, acusado de inúmeros crimes de assédio sexual, terá sido proferida durante a rodagem do filme ‘Frida’, em 2002. Segundo a atriz, o produtor disse a Julie Taymor, realizadora do filme sobre a vida e obra da pintora mexicana, que queria agredi-la.

É de recordar que a atriz, numa carta aberta publicada a 13 de dezembro do ano passado no jornal The New York Times, já tinha destacado algumas atitudes violentas do produtor durante as gravações deste filme – e não só. Porém, um dia depois de a carta ter sido publicada, Weinstein negou todas as acusações.

Imagem de destaque: Reuters

Vídeo: Harvey Weinstein agredido em restaurante

Mulheres querem comprar produtora de Harvey Weinstein