Seis em cada dez pessoas dos 25 aos 34 anos dizem ter níveis de stress elevados

pexels-jameshausley-4024732
[Fotografia: Pexels/James Hausley]

Estudo indica “números alarmantes” do estado da saúde mental dos portugueses, em particular no que respeita às mulheres. “Com 60% dos 25/34 anos e 59,6% dos 18/24 anos a relatarem níveis de stress elevados – e junto das mulheres, registando um valor de 56,4%”, refere o comunicado enviado às redações a propósito do Dia Internacional da Saúde da Mulher, que se assinala esta terça-feira, 28 de maio.

Segundo a mesma nota, “quatro em cada dez portugueses (39,5%) afirmam ter sofrido algum sintoma relacionado com a saúde mental no último ano”. A mesma análise indica que se está diante de uma taxa “particularmente alta entre os mais jovens e, mais uma vez, entre as mulheres, onde 49% relataram experiências de ansiedade, ataques de pânico, depressão e outros transtornos”.

A análise contou com 801 inquiridos portugueses dos 18 aos 64 anos, conduzido em setembro de 2023 pela Marktest para a Medicare. Em Portugal, estima-se que três em cada dez sinta necessidade de, no último ano, procurar ajuda específica e que um em cada cinco recorra a algum tipo de medicação, como calmantes ou medicamentos para dormir, uma tendência especialmente sentida entre as mulheres e o grupo etário 55/64 anos.