Subir

Tina Turner “interrompe” entrevista a Emma Watson. Veja o vídeo

Emma Watson á chegada à Met Gala, em maio de 2016

Foi um momento curioso aquele que se passou com Emma Watson e o jornalista Mark Hayes durante a gravação de uma entrevista para o programa ‘Lorraine’, do canal britânico ITV. Numa altura em que a atriz falava sobre o Chile, e de como se apaixonou por este país, o seu telefone tocou. “Isto é embaraçoso”, começou por dizer Watson, de 26 anos.

Embaraçoso apenas por ter interrompido a conversa, porque o que ficou no ouvido – e memória – do jornalista foi o toque que a intérprete escolheu para o dispositivo. “É Tina Turner…”, apressou-se a esclarecer a atriz, ao mesmo tempo que silenciava a música ‘Steamy Windows’ do álbum de 1989 ‘Foreign Affair’ da cantora norte-americana.

emma

Emma Watson e o jornalista Mark Hayes

“É provavelmente o melhor toque de telemóvel que ouvi até hoje”, respondeu Hayes, sem conseguir conter o riso. “Fico contente por ser perdoada por ser Tina Turner. Se não fosse seria terrível. Peço imensa desculpa”, retorquiu Emma Watson.

Durante a entrevista, Watson falou sobre ;as gravações de ‘Beauty and the Beast’, que se estreia em março de 2017, sobre ter começado a sua carreira de atriz com 10 anos e sobre o que é pisar as passadeiras vermelhas de grandes eventos, como as cerimónias dos Óscares, dos Bafta e da Met Gala. “A Met Gala é sem dúvida a mais intimidante”, confessou. “Há degraus para subir”, justificou.

A intérprete abordou ainda o facto de se manter “terra a terra”, atribuindo-o a ter integrado os elencos de filmes fora de Hollywood. “Isso permitiu que não fosse engolida por esta indústria”.

Ana Filipe Silveira