Subir

Transformista pode concorrer aos Óscares de Melhor Ator e Melhor Atriz em simultâneo

Pela primeira vez na história, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas aceitou a candidatura de Kelly Mantle para a nomeação em duas categorias: melhor ator secundário e melhor atriz secundária.

A permissão da Academia surge na sequência do papel que Mantle interpretou no filme ‘Confessions of a Womanizer’, dirigido pelo realizador Miguel Ali, que levou a cabo uma campanha para a sua nomeação. O ator interpretou Ginger, uma travesti ligada ao mundo da prostituição. Através desta personagem, Mantle torna-se o primeiro intérprete gender-fluid (pessoa cuja identidade de género abrange o masculino e feminino) na história dos Óscares.

No site oficial do filme, o ator mostrou-se “agradecido” por esta oportunidade inédita. “Amo ser ator e estou honrado por ser reconhecido pelo meu trabalho. Sinto-me também agradecido que esta candidatura traga visibilidade para a comunidade gender-fluid (bem como o espetro geral de género). Qualquer oportunidade que proporcione uma conversa ou educação sobre a identidade de género e diversidade é amplamente necessária nestes tempos turbulentos”, afirmou.

Ana Filipe Silveira