Subir

Trump apoia projeto de lei para restringir direito ao aborto nos EUA

O Governo do Presidente dos Estados Unidos, manifestou na segunda-feira , 2 de outubro, o seu apoio a um projeto de lei debatido na Câmara dos Representantes que visa proibir o aborto após as 20 semanas de gestação.

O Departamento de Orçamento da Casa Branca disse apoiar “firmemente” esse projeto, segundo o diário The Hill, especializado em informação sobre o Congresso.

A iniciativa legislativa em questão, promovida pelo deputado republicano Trent Franks (Arizona), deverá ser submetida a votação esta terça-feira, 3 de outubro, e criminaliza a prática do aborto depois das 20 semanas de gestação, com algumas exceções.

Espera-se que a câmara baixa dê luz verde ao projeto de lei, como já ocorreu em 2015, mas também é provável que não passe no Senado, onde a maioria republicana é mais estreita e há uma mais forte oposição dos democratas. O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, é conhecido pela oposição ao aborto e em janeiro liderou a denominada “Marcha pela Vida” em Washington.


Leia mais sobre esta matéria aqui e aqui.


Desde a sua chegada à Casa Branca, a administração Trump ampliou as limitações para financiar grupos ou organizações de saúde no estrangeiro que ofereçam ou informem sobre práticas abortivas.

Em março passado eliminou uma norma que obrigava os estados a fornecer alguns fundos a clínicas abortivas.

CB com Lusa

Imagem de destaque: Reuters