Vem aí o primeiro festival de nutrição e meditação para crianças

O melhor é começar a reservar eventos na sua agenda. É que um dia depois de se assinalar o Dia da Criança, a 1 de junho, a festa continua com o Mini Festival Pequeno Buda, marcado para o sábado seguinte, 2 de junho, no Anfiteatro Keil do Amaral, no Parque Florestal de Monsanto, em Lisboa.

A decorrer entre as 10.00 e as 19.00h, o evento, de entrada livre, integrará diversas atividades, tendo como foco: consciencializar miúdos e graúdos para a importância da meditação e da alimentação saudável na vida das crianças.

“A alimentação é essencial ao crescimento saudável, do corpo, mas, acima de tudo, da mente”, começa por dizer ao Delas.pt Gonçalo Sardinha, diretor geral da Iswari e um dos criadores do Festival. E Tomás Mello Breyner, criador deste evento e responsável do projeto de meditação nas escolas, acrescenta: “As crianças são como esponjas, absorvem facilmente a energia da sociedade que as rodeia”, daí ser importante ensinar-lhes novos hábitos desde cedo.

Entre workshops e sessões educativas sobre nutrição e alimentação, o espaço conta ainda com momentos de dança, mindfulness, vários jogos, storytelling, lições de reciclagem, música ao vivo e a possibilidade de fazer pinturas faciais.

No espaço existirá ainda uma zona de street food: “Será composta por comida saudável, sem químicos e que promova o bem-estar e a saúde do ser humano. Essa área está por conta do chefe João Pinto e vai ter várias opções, todas elas vegetarianas”, avança Gonçalo Sardinha.

As crianças e a alimentação saudável

“O problema é que, em muitos casos, o desconhecimento dos pais e da indústria não permite a atribuição de opções saudáveis aos mais novos”, refere o diretor da Iswari. E prossegue: “A realização de workshops vem assim colmatar uma deficiência na nossa sociedade. Dando aos mais novos os hábitos que eles vão seguir para a vida”.

Sim, workshops para crianças. “Numa primeira fase, será explicado que o pequeno-almoço é verdadeiramente importante para o início do dia e que deve ser variado, equilibrado e completo”, explica Gonçalo Sardinha. As crianças terão à disposição vários alimentos e serão desafiadas a fazer o próprio pequeno-almoço.

O objetivo da atividade é “motivar os mais novos a tomarem o pequeno-almoço e a quererem ser eles a fazê-lo”, conta o diretor da Iswari. Até porque “os hábitos alimentares que são impostos tendem, normalmente, a não ser aceites”, remata.

Tendo os pais um papel fundamental na alimentação dos filhos, também existirão sessões de Show Cooking especialmente destinadas a eles: “Os pais terão a oportunidade de assistir à demonstração, por parte da Filipa Range, de como preparar opções para lanches saudáveis. Receitas simples e nutritivas que podem integrar o plano alimentar dos filhos”, explica Gonçalo Sardinha. Podem contar ainda com dicas e conselhos relacionados com uma alimentação 100% vegetal.

As crianças e a meditação

A par e passo com a nutrição, surge a meditação infantil. Embora seja uma prática, normalmente, associada aos adultos, como forma de combater o stress do dia-a-dia, pode ajudar bastante os mais novos – e consequentemente os pais: “Contribui para que fiquem mais calmas e mais focadas, o que faz com que os seus resultados na escola melhorem. A nível de gestão emocional, tornam-se crianças mais empáticas e com mais compaixão… tudo isto chega a casa e os pais sentem isso. Todos ganham”, explica Tomás Mello Breyner.

[Imagem de destaque: Mini Festival Pequeno Buda]

8 fórmulas para criar bebés felizes e que chegam de todo o mundo

Livro: “É importante que as meninas vejam modelos femininos”