Morreu o ator Nicolau Breyner

Nicolau Breyner (Orlando Almeida/Global Imagens)

O ator, realizador e autor morreu esta manhã, em casa, vítima de ataque cardíaco. Nicolau Breyner tinha 75 anos e estava atualmente a gravar, desde outubro, a nova produção de ficção da TVI, ‘A Impostora’.

Nascido em Serpa, em 1940, o ator estava casado desde 2006 com Mafalda Bessa. Em 2009, o ator enfrentou, com sucesso, um cancro na próstata. Em entrevista ao Público, um ano depois, Breyner fazia um balanço e afirmava: “O que o cancro me deu foi a certeza de que isto ia acabar mais cedo ou mais tarde. Acelerou a sensação de que a vida tem um fim. Já não há a noção de imortalidade que temos aos 30, 40 anos. O fim está mais próximo do que estava há dez anos. No primeiro momento é terrível, é uma espécie de pontapé na cabeça.”

Com uma vasta carreira no mundo da representação e que começou nos anos 60, o teatro, o cinema e a televisão foram os seus palcos maiores e nos quais não foi apenas ator. Nicolau Breyner foi também autor e realizador.

No seu longo percurso, participou no mundo do humor com ‘Sr. Feliz e Sr. Contente’, ao lado de Herman José e, entre outros, na primeira novela portuguesa ‘Vila Faia’. O ator passou pela RTP, pela SIC e pela TVI.

No início dos anos 90, criou a primeira produtora audiovisual de ficção com o objetivo de pôr termo à hegemonia das novelas que chegavam do Brasil. A NBP – A Nicolau Breyner Produções – seria mais tarde comprada, dando depois origem ao que é hoje a Plural Entertainment, produtora ligada à TVI. Em 2014, criou uma escola de formação na área da representação, a Academia NB.

“Tive um grande desgosto, morreu um grande amigo. Associo-me ao luto dos amigos e da família”, afirmou, numa primeira reação, o novo presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa. Recorde-se que Nicolau Breyner foi condecorado com a Ordem de Mérito, pelo presidente da República Jorge Sampaio, em junho de 2005.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Dulce Félix: “Eu trabalhava numa fábrica, …