Grant’s Stand Together está de volta, desta vez chega à Invicta também

O festival de conta contos Grant’s Stand Together está de volta este ano, com a novidade de pela primeira vez chegar também ao norte do país. As datas marcadas são: de 14 a 16 de abril, em Lisboa, no cinema São Jorge; e na Invicta 22 e 23 de abril, no cinema Batalha.

O anfitrião é novamente Joaquim de Almeida, que deixa o mote para o festival:

“É uma reunião de amigos porque é quando estamos com quem mais gostamos que sabe melhor a partilha de histórias. Histórias de nós próprios, histórias que nos aproximam. Confesso que é em redor de amigos e de um copo que me sabe bem ouvir ou contar histórias e dizem que sou um bom contador de histórias, mas sabem que mais? Sou um melhor ouvinte delas.”

Este evento foi pioneiro em Portugal na área do storytelling, esgotando todas as edições com sessões baseadas em histórias de vida verdadeiras, valores e ambições partilhadas. Reforça o caráter intimista único que se sente no festival com a assinatura deste ano: “Há histórias que só partilhamos com amigos”. Contará com storytellers conhecidos do público como Carlão, Fernanda Serrano, Gisela João, Inês Castel-Branco, João Quadros, José Avillez, Marisa Liz, Nuno Gama, Pedro Ribeiro, Pedro Tochas e Vasco Palmeirim.

Em Lisboa, no cinema São Jorge, o espetador será presenteado com as duplas Tiago Bettencourt e Márcia em ‘Concerto com Histórias’, Capicua e Beatriz Costa numa animada conversa ‘Get Together em Minha Casa’ e ainda um concerto com base nas histórias de Manuel Fúria e Luís Severo.

Fernando Alvim, outro habitué, vai estar novamente presente no festival com a apresentação da Maratona #IOU, em Lisboa, em que o público sobe ao palco para partilhar histórias de vida. Tanto em Lisboa, como no Porto, existirão pequenas tertúlias ou palcos estrategicamente espalhados pelos vários ambientes, a cargo de DJ’S como Benjamim, Inês Meneses, Pedro Ramos ou Zé Pedro dos Xutos, que partilham os seus discos preferidos, em “Friends will be friends”.

Haverá também espaço para as já tradicionais sessões de cinema Filmes do Real com coordenação do jornalista Rui Pedro Tendinha, onde serão exibidos ‘Meio Caminho da História’, um documentário de Nuno Duarte (Jel); ‘1960’, de Rodrigo Areias – documentário sobre o arquiteto Fernando Távora; a antestreia do poderoso ‘Viver à margem’, com Richard Gere.

Parte das receitar terá destino a Casa do Artista, com isto o Grant’s Stand Together quer “prestar homenagem a uma classe profissional cujas histórias tanto enriquecem as nossas vidas”.

As fachadas do teatro da Batalha serão alvo de uma intervenção artística de Wasted Rita. O festival marcará ainda o lançamento do novo Grant’s Signature. A organização e programação está a cargo da H2N, que estima atingir este ano os 6,000 espetadores.

Veja aqui o programa dos vários dias, tanto em Lisboa, como no Porto.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Bye bye Quinoa, olá Level