Subir

Susana Sargento está na vanguarda das telecomunicações

Susana Sargento: uma mulher na vanguarda das telecomunicações (Foto: Universidade de Aveiro)

Gosta de romances históricos. E de correr. E corre sempre que pode, momentos que, confessa, são só seus. Mas a maior parte do seu tempo passa-o noutras corridas, que lhe deram um lugar de destaque na investigação nacional e lhe valeram a nomeação para o Prémio Mulheres Inovadoras da União Europeia 2016.

Chama-se Susana Sargento, é natural de Mira, distrito de Coimbra, e do seu currículo fazem parte, entre outras conquistas, a criação da Veniam, uma empresa com sede em Silicon Valley, nos Estados Unidos, que cofundou em 2012 e que desenvolve soluções para a “internet em movimento”, transformando automóveis em pontos de acesso à internet sem fios. Uma aventura bem-sucedida, que a colocou no radar da Comissão Europeia, responsável pela atribuição do prémio que distingue “mulheres com ideias de vanguarda”, que fundaram ou cofundaram empresas consideradas de sucesso e que beneficiaram de financiamento europeu para a investigação e inovação.

Susana Sargento está nomeada pela Comissão Europeia para um prémio que distingue “mulheres com ideias de vanguarda”,

“É o reconhecimento do meu trabalho com uma grande equipa”, refere, incapaz de esconder o orgulho de ser uma das nove finalistas, a única portuguesa. “Mas mais do que isso, mostra que somos tão bons ou melhores do que os outros. Nós, portugueses, achamos sempre que o que se faz lá fora é que é bom. E esta nomeação serve para provar que estamos no mesmo patamar que os outros.”

Trabalho que até já foi reconhecido outras vezes, em forma de outro tipo de prémios. O de melhor estudante da Universidade de Aveiro, por exemplo, oferecido pelo Governo Civil de Aveiro em Outubro de 1995. Ou o Prémio Engenheiro José Ferreira Pinto Basto, cortesia da Alcatel Portugal, em 1998. Ou ainda o de melhor aluno da licenciatura em Engenharia Eletrónica e de Telecomunicações da Universidade de Aveiro, que terminou com média de 17 valores.

Carla Marina Mendes