Subir

Veja como a luz interfere no seu sono

Veja como a luz interfere no seu sono

Há muitos fatores que interferem no sono. As causas mais comuns são cafeína a mais ou demasiado barulho. Mas, segundo estudos recentes, a luz pode impedir-nos de passar uma noite descansados.

Os habitantes de zonas com maior densidade populacional, onde as ruas são iluminadas à noite, ou onde há muitos sinais e letreiros luminosos, são os que mais se queixam de distúrbios de sono, concluiu um estudo de Stanford Sleep Epidemiology Research Center, na Califórnia, EUA.


Veta também o artigo O segredo para dormir bem todos os dias


Apesar desta investigação não provar a causa-efeito, os cientistas acreditam que luzes demasiado fortes na rua, à noite, interferem com a qualidade do sono. Isto porque as pessoas com maior tempo de exposição à luz, neste horário, dizem estar mais insatisfeitas com o tempo e qualidade de sono do que aquelas que vivem em áreas menos iluminadas, de acordo com os resultados apresentados este mês na conferência anual da Academia Americana de Neurologia, que se realizou em Vancouver, Canadá.

A especialista em distúrbios do sono Reena Mehra explica que luz a mais tem impacto na qualidade do nosso sono. Tem tudo a ver com o nosso ritmo natural circadiano, ou com o estado de vigília e de sono. O nosso ritmo circadiano faz-nos sentir mais despertos (alerta) ou sonolentos, dependendo da hora do dia. Os níveis de melatonina, a hormona que ajuda a regular o sono, aumentam à noite. A exposição à luz interfere com estes valores.

“A exposição à luz é, por natureza, algo perturbador do ritmo circadiano”, explica Reena Mehra. “Isto acontece especialmente à noite porque nós não queremos estar expostos a luzes brilhantes quando deveríamos estar a dormir.”

Siga-nos no Facebook

B.C.M.