Subir

Elas condenam o bullying entre mulheres

Várias figuras públicas estão a dar a cara nas redes sociais para denunciar e condenar o bullying entre mulheres. O objetivo passa por mostrar mostrar que os elogios podem sobrepor-se às acusações e às críticas.

Ana Rita Clara, Iva Lamarão e Ana Galvão são alguns dos rostos que mostram, nos respetivos perfis no Instagram, que em vez de dizerem “és um esqueleto andante”, as mulheres podem optar por afirmar “és bonita e elegante”. Ou que em vez de “és obcecada com o trabalho”, pode dizer-se “admiro a tua dedicação”. Ou ainda que “estás mais gorda” deve ser substituído por “estás com um ar feliz e um sorriso lindo”.

 

Iva Lamarão explicou na sua publicação que “as ditas figuras públicas são as que mais sofrem com críticas duras”. “Faz parte. Vivo com isso bem. Associo-me a esta, como a outras campanhas, porque me revejo nelas. O meu corpo magro e esguio sempre foi motivo de crítica, gozo, o que lhe quiser chamar. Felizmente, nunca incorporei o estigma”, diz.

Solidária com a causa. Aqui está. Façam o mesmo. #fimaobullyingentremulheres #umaspelasoutras @amulherequemanda

A post shared by Iva Lamarao (@ivalamarao_oficial) on

“Gosto de mim como sou. E não me vou esconder por ser magra e gostar de ir ao ginásio. Passo isso para quem me segue, porque tudo isso faz parte da minha vida. Que esta campanha, como outras, fosse um ponto de partida para mudar mentalidades… Mas estamos cada vez mais longe da sociedade/mundo perfeito”, terminou a apresentadora.

Ana Filipe Silveira