Subir

“Morre, cabra!”, disse o marido de Mel B à ex-Spice Girl

Stephen Belafonte está a ser acusado pela ainda mulher, a ex-Spice Girl Mel B, de violência doméstica. A cantora pediu recentemente o divórcio do produtor e realizador de Hollywood e, com ele, denunciou às autoridades dez anos de agressões e chantagem.

De acordo com os documentos entregues em tribunal, Belafonte terá agredido e chegado a tentar sufocar Melanie Brown, levando-a a pensar em – e a tentar – suicídio em 2014, num momento de “exaustão emocional e física”. “Ele disse-me: “Morre, cabra!””, contou a cantora, citada pelo site TMZ, que teve acesso à queixa.

Nos seus depoimentos, a artista diz acreditar que o produtor e realizador de Hollywood, com quem tem uma filha, foi violento por não saber lidar com o sucesso da mulher. E garantiu que tentou libertar-se, mas que o receio de que Stephen Belafonte tornasse públicas filmagens suas com conteúdo sexual – que diz ter feito após ser coagida – a impediram.

“Ele agredia-me para eu saber que era ele quem estava no comando. Ameaçou-me com violência e ameaçou destruir a minha vida de todas as formas possíveis. Destruía a minha carreira e tirava-me os meus filhos”, contou.

Após a queixa, o realizador e produtor recebeu uma ordem de restrição. Está proibido de se aproximar de Mel B, bem como da filha que têm em comum e das outras duas filhas da cantora, nascidas da sua relação anterior com Jimmy Gulzar.

Ana Filipe Silveira