Os exames… dos pais

O terceiro período começou a todo o gás. Há quem já esteja a fazer a contagem decrescente e saiba quantos dias faltam para o fim que já se sabe, vai variando consoante os anos letivos.

Entre provas de aferição do 2º, 5º e 8º ano, há os exames do 9º, os do 11º e 12º ano. Uma resistência aos esforços de um ano inteiro (ou conclusões de ciclos de estudo) e que são postos à prova numa data de minutos que parecem não acabar entre o relógio que se olha, inúmeras vezes, enquanto se sabe que a sua cria está a dar o seu melhor.

pais que sofrem mais do que outros. Que vivem com igual (e muitas vezes superior) ansiedade, as inseguranças dos seus filhos. Por medos e vivências passadas em que a evocação da palavra EXAME, continua a ser, só por si, aterradora. O ciclo perpetua-se nesta pressão que se coloca a um conjunto de papéis com perguntas. Verdade que se definem notas e médias.

Verdade também que as crianças e jovens são muito mais do que uma pauta. Verdade derradeira ainda é que espelha as ansiedades e angústias dos pais e em alguns casos, dos seus professores, que por tanto lhes quererem bem, os puxam para limites, que nem todos estão capazes de gerir.

Dê segurança aos seus filhos, não lhes incuta ainda mais ansiedade

Muitos são os jovens que referem os “nervos” e as “ansiedades” como entraves de respostas mais acertadas: “Eu sabia! Mal saí do teste lembrei-me como se fazia aquele exercício! Ahhhh… esqueci-me de completar aqueles três pontos fundamentais na última pergunta!”.

Claro, mal descomprimiu, o raciocínio mostrou-se livre para circular e mostrar todo o seu potencial. Então o que fazer para que no dia do teste ou exame se consiga dar o seu melhor?

Percorra a galeria acima para ficar a conhecer em detalhe quais as melhores formas para ajudar os seus filhos a atravessarem esta fase sem problemas.

E lembre-se, no dia do exame é mesmo só dar um abraço valente (para quem ainda se deixa abraçar!) ou um olhar sincero de que se tem a certeza de que vai dar o seu MELHOR, seja ele lá qual for. E siga!

 

Ana Bela Lopes, trabalha como psicóloga educacional e formadora nas áreas da psicologia, há quase duas décadas. Formadora do Alto Comissariado para as Migrações, no âmbito da Bolsa de Formadores. Gestora do Projeto Pais que Respiram porque acredita na aventura de se ser Pai com as pequenas imperfeições…perfeitas. É autora do blog Penso Rápido:http://p-pensorapido.blogspot.com.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Dicas infalíveis para manter toda a família prot…