Subir

Homem e mulher juntos na Gucci, já a partir de 2017

O presidente da Gucci, Marco Bizarri, anunciou que, a partir de 2017, a marca vai começar a juntar os seus desfiles sazonais de homem e mulher, apresentando apenas uma coleção por estação com as propostas femininas e masculinas do diretor criativo da marca, Alessandro Michele. A sede da casa italiana na Via Mecenate, em Milão, será o palco do primeiro desfile nestas condições.

A Gucci confirmou ainda a manutenção do formato see now, buy later. A gigante italiana rejeita a lógica see now, buy now acreditando que pode interferir com necessidades do processo criativo como de produção de patentes na indústria da moda.


Leia tudo sobre os novos ciclos da moda e a revolução anunciada.


Alessandro Michele simplifica: “Será natural para mim apresentar as minhas coleções de homem e de mulher juntas. É o modo como vejo o mundo de hoje. Não significa que será necessariamente um caminho fácil e irá, certamente, apresentar alguns desafios, mas acredito que de me dará a oportunidade de seguir uma abordagem diferente no modo como conto as minhas histórias”.

Marco Bizarri concorda: “Na verdade, o Alessandro Michele sempre apresentou as suas coleções masculinas e femininas juntas, pelo que isto representa uma progressão mais do que natural. Evoluir para o formato de um desfile por estação irá ajudar a simplificar vários aspetos do nosso negócio de forma significativa. Manter dois calendários separados tem sido o resultado de uma tradição mais do que uma opção prática”.

Marco Bizarri culminou: “Em colaboração com a Camera Nazionale della Moda e com o objetivo de reforçar ainda mais o sistema de Moda italiano, iremos trabalhar no sentido de estabelecer um calendário que nos permita manter o formato see now, buy later para os nossos desfiles, uma vez que é fundamental para uma utilização bem-sucedida do potencial criativo e produtivo da Gucci e para os quais os horários principais são essenciais”.

N.M.