Subir

Já ouviu falar no sentador de mães? Provavelmente vai querer um

Provavelmente nunca ouviu falar no ‘sentador de mães’, e a razão principal para isso é ele não existir. Mas se olharmos para os afazeres das mães de família nesta altura do ano, que duplicam e não dão tréguas nem na noite de Consoada, a questão é como é que ainda ninguém se lembrou de inventar um.

O nome indica de imediato o propósito do objeto, que seria manter as mães (ou anfitriãs das festividades) sentadas na sua cadeira durante o jantar e a ceia de Natal. Assim, na prática, o ‘sentador de mães’ seria um cinto com o qual estas se prenderiam, a cadeado, às cadeiras, impedindo que se levantassem constantemente para ir à cozinha buscar coisas ou atender os pedidos dos outros.

 

a carregar vídeo

 

Dar vida a essa possibilidade foi o que fez uma nova revista digital feminina no seu canal de Youtube, inspirando-se nos anúncios da TV shop para mostrar as vantagens do referido cinto. Além da eficaz a permitir que as mães desfrutem, por uma vez, do jantar e da ceia de Natal sem interrupções, como o resto das família, o cinto aparece disponível em várias cores e padrões. Há ainda uma espécie de “brinde stick”, de oferta, que permite que a mãe brinde com o resto da família sem ter de desapertar o cinto para se levantar.

 

AT