Subir

Reações fortes de amigos e colegas à morte da atriz Anna Paula

Anna Paula, nome artístico de Maria Zulmira Pereira Lemos Zeiger, morreu aos 87 anos

“Era eu uma menina e a brilhante atriz Anna Paula era então minha vizinha… Mais tarde, venho a fazer parte do teatro, foi uma das pessoas que me viu nascer no ‘meio’. A última vez que estive com ela foi na casa do artista. Ainda fantástica, vinha da rua, ficámos na conversa… Foi por opção que se afastou… Tinha pavor de ficar à espera que o telefone tocasse e mais que a contratassem por pena…”, começa por recordar Noémia Costa, na sequência da morte da atriz de “Vila Faia”, esta quarta-feira, aos 87 anos.

Emocionada, não conteve críticas à forma como Portugal trata artistas como Anna Paula. “Hoje todos se vão lembrar dela, amanhã já passou. Vergonha de país que maltrata os seus artistas, vergonha daqueles que, em vez de darem trabalho a quem merece, fecham os olhos e continuam a fazer vedetas de pés de barro. Foi exímia em tudo o que fez. Até já Anna Paula”, terminou Noémia.

Eunice Muñoz, Herman José, Maria Rueff, Alexandra Lencastre, Luís Gaspar, João Baião, e Miguel Monteiro também deixaram algumas palavras de homenagem à atriz, cujo corpo será velado esta quinta-feira, a partir das 17.00, na capela mortuária da Basílica da Estrela, em Lisboa. O funeral realiza-se na sexta-feira.

Até sempre, querida Anna Paula.

A post shared by Eunice Muñoz (@eunicemunozoficial) on

Carolina Morais