Subir

William e Kate “tristes e chocados” com ataque terrorista

O príncipe William e Kate Middleton num evento em Londres (REUTERS/Toby Melville)

Os duques de Cambridge já reagiram ao ataque terrorista ocorrido esta segunda-feira à noite em Manchester, no Reino Unido, no final de um concerto da cantora norte-americana Ariana Grande.

Sem grandes palavras, o príncipe William e a mulher, Kate Middleton, afirmaram estar “tristes e chocados” com o bombista suicida que matou pelo menos 22 pessoas e fez 59 feridos.

Numa carta assinada pelo neto mais velho da rainha Isabel II da Inglaterra, este diz que “centenas de amigos, pais, filhos e parceiros enfrentam uma dor inimaginável”. “Os nossos pensamentos estão com eles”, lê-se no documento.

Ao longo do dia têm sido várias as figuras públicas a manifestar o seu pesar. A atriz Salma Hayek, que está no Festival Internacional de Cinema de Cannes, em França, emocionou-se ao falar com os jornalistas.

“Se o concerto tivesse sido em Londres a minha filha teria ido. É a cantora favorita dela. A minha filha tem nove anos. Ela estaria lá comigo ou sem mim. Esta foi uma das razões pelas quais não consegui dormir”, relatou.

Ana Filipe Silveira