“É absolutamente impossível haver decorações baratas nos meus casamentos”

Anastasiia Ivanova é russa e percebeu, em 2012, que queria deixar o emprego que tinha num banco para passar a organizar casamentos de luxo. Criou a empresa Dream Weddings Europe (DWE) e três anos depois decidiu mudar-se com toda a família para Portugal, país que a tinha apaixonado pelo oceano e natureza.

No ano passado organizou o casamento secreto da atriz e modelo Vanessa Martins com o famoso pasteleiro Marco Costa. Os preços de cada cerimónia variam entre os cinco mil e os 50 mil euros, valores que não são para todos os bolsos (na galeria de imagens acima pode ver fotos de alguns casamentos organizados pela DWE).

Ao Delas.pt explica por que razão decidiu apostar em Portugal e revela o que distingue as cerimónias organizadas pela DWE de todas as outras.

Há quanto tempo está em Portugal?

A primeira vez que vim a Portugal foi em 2009, estive no Algarve, em Albufeira. Eu e o meu marido ainda não conhecíamos Portugal e queria ver alguns locais interessantes com praias agradáveis. Ficámos surpreendidos com o oceano, a natureza e o facto de haver muitos ucranianos. E Lisboa é absolutamente fantástica. Então começámos a vir cá mais vezes, criámos uma pequena empresa online em 2012 e em março de 2015 mudámo-nos para Portugal com a nossa filha.

Qual é a sua formação profissional? Sempre quis organizar casamentos?

Não, nem sempre. Nunca imaginei que iria organizar casamentos ou eventos. O meu primeiro emprego a sério foi na biblioteca da universidade, tinha 17 anos. Também trabalhei na Mercedes-Benz durante dois anos e essa foi uma parte importante na minha vida porque é muito difícil trabalhar nesse tipo de empresas líderes mundiais, temos de ser os melhores dos melhores. Também trabalhei em bancos, um grande banco deu-me uma boa oportunidade e comecei a trabalhar como gerente e a tratar de créditos para VIP’s.

Nessa altura já pensava em organizar casamentos?

Enquanto tinha esse último emprego estava, ao mesmo tempo, muito interessada no turismo da Europa e criei uma empresa turística em São Petersburgo. Comecei com autoturismo na Europa e depois expandimos para o resto do mundo. Com os eventos corporativos internacionais comecei a oferecer Portugal aos russos como um bom destino para casamentos e, de seguida, fi-lo para pessoas de todo o mundo. Então decidi que tinha de ficar só com a organização de casamentos, isto é o que realmente amo fazer. Amo trabalhar com elevados níveis de qualidade e com clientes VIP, por isso só faço casamentos nesta área agora. Entretanto encontrei a Catherine, a minha melhor amiga e minha parceira em França, e trabalhamos bem juntas.

Casamento Dream Weddings Europe

Portugal é o país perfeito para casar?

Absolutamente! O clima português, os palácios, a natureza, alguns resorts, a gastronomia, o vinho, são muitas vantagens. Mas às vezes é difícil encontrar bons locais para os casamentos grandes, com 300 convidados, por exemplo. Ah, e os preços também são adoráveis.

Em que países mais costuma promover os casamentos em Portugal?

Nos EUA, Reino Unido, França e Rússia. Acredito em Portugal, só temos de pressionar o mercado.

Cá existe pouca formação para pessoas que querem organizar casamentos. A aposta deveria ser maior?

Sim, nós já recebemos algumas mensagens dos nossos seguidores sobre esse assunto. Fizemos um evento chamado Wedding School Portugal em março de 2017 e espero que, em 2018, consigamos fazer algo maior, talvez treinando os futuros organizadores de casamentos. Fiquem atentos.

Casamento Dream Weddings Europe

O que traz a sua empresa, a Dream Weddings Europe (DWE), de novo para os casamentos em Portugal?

Talvez a qualidade, que sempre houve desde o início. O site, que é o meu orgulho porque foi feito por mim, o logótipo, a nossa experiência, trabalho rápido e atenção aos fornecedores, listas de verificação, decorações, detalhes e as regras de vestuário. Sabemos como fazer com que os clientes se sintam confortáveis e calmos com o casamento e connosco, isso é importante. O que nós proporcionamos também é muito novo para os casais portugueses. Com a nossa equipa internacional oferecemos a possibilidade de celebrar casamentos fora do país, uma tendência muito real em todo o mundo. Trabalhamos principalmente em França e Portugal, mas também em Itália, Finlândia, Espanha e Grécia. Claro que se um casal quiser um casamento em Nova Iorque ou Singapura nós também ficaremos felizes por tornar esse desejo realidade.

O que leva as pessoas a escolherem a DWE?

Geralmente os clientes amam o nosso estilo, os casamentos de luxo clássicos. E porque estão à procura de qualidade. O dia de casamento é um dia muito importante na vida de um casal, que deixa muitas lembranças. E nós fazemos com que esse dia seja perfeito.

Quanto custa, em média, um casamento organizado por vocês?

Os nossos preços começam a partir dos cinco mil euros para o serviço de planeamento do casamento. Depois depende da quantidade de convidados e do serviço de coordenação necessário no dia de casamento. O orçamento para um casamento inteiro connosco em Portugal costuma ser entre os 40 e 50 mil euros.

Casamento Dream Weddings Europe 1

Quantos casamentos costumam organizar por ano?

Dez é uma boa quantidade, mas fazemos sempre mais. E ainda estamos à espera de casamentos portugueses para outubro/novembro de 2017.

Quais foram os pedidos mais extravagantes que já receberam?

Um casamento para 2020. Dá para imaginar? 2020! Um casal dos EUA.

Os homens costumam ligar menos ao processo de preparação do casamento?

Não, é 50/50. Às vezes os homens ficam mais nervosos do que as mulheres e choram muito durante a cerimónia.

Casamento Dream Weddings Europe 1

O que é impossível acontecer num casamento organizado por si?

É absolutamente impossível haver decorações baratas nos meus casamentos. Flores falsas, vestidos de casamento de má qualidade, fornecedores de baixa qualidade, um monte de coisas. Também há um pormenor importante: não gostamos da ideia de casar na praia.

Já organizaram casamentos gay?

É estranho, mas nunca. Estamos abertos a esse tipo de casamentos e à espera de qualquer tipo de luxo.

Quais são os vossos locais preferidos em Lisboa para organizar casamentos?

Eu adoro a Pousada de Lisboa e o Ritz Carlton Lisboa. Também gosto da Estufa Fria e do Palacete Virtvs. E o Pestana Palace, nem seria possível viver sem aquele belo lugar.

Fora de Lisboa, já organizaram casamentos noutras cidades portuguesas?

Claro! Em Palmela, Porto, Albufeira, Lagos, Cascais e Sintra.

Como organizadora de casamentos, sente que também é uma espécie de psicóloga e confidente?

Sim, exatamente. Nós passamos aproximadamente um ano com cada casal e tentamos criar uma atmosfera feliz e calma para eles. Este é um grande desafio para nós também porque temos de estar felizes, calmos, entender, devemos ser compreensivos e gentis. E nós fazemos mesmo isso. Resolvemos problemas e facilitamos-lhes a vida. Quero acreditar nisso.

Já receberam prémios internacionais?

Recebemos um grande prémio russo, o Wedding Awards 2015, o Zankyou do sul de França por sermos “O Melhor Organizador de Casamentos” e fomos aprovados pelo Style Me Pretty, que é ótimo. Quero receber algo da União Europeia, Reino Unido ou da Rússia novamente. O mercado dos casamentos é enorme. Mas vamos criar algo aqui.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Música portuguesa vai ouvir-se mais alto em Lyon,…