Madonna, a mulher mais rica do mundo da música

Não é à toa que a chamam de “rainha da pop”. Aos 57 anos, Madonna prova que continua a dar cartas no mundo da música ao ser a mulher mais rica da indústria discográfica. A cantora norte-americana acumulou, ao longo do último ano, qualquer coisa como 484 milhões de euros, avança a revista ‘Forbes’ no seu segundo ‘ranking’ anual das Mulheres Mais Ricas dos EUA, no qual Madonna surge na 25.ª posição.

A publicação adianta que desses 484 milhões auferidos pela cantora, cerca de 150 milhões vieram nos lucros da sua mais recente digressão mundial, a Rebel Heart Tour. Uma tournée que correu os quatro cantos do mundo, deixando ainda assim Portugal de fora, e que deu que falar por várias polémicas: quer pelos constantes atrasos da artista, quer pelas vezes em que chorou em palco ao falar sobre o filho Rocco, que decidiu no final do ano passado ir viver com o pai, Guy Ritchie, no Reino Unido.

Com uma carreira de quase quatro décadas no mundo da música, e 13 álbuns de estúdio no currículo, a ‘Forbes’ estima que Madonna já ganhou 1,3 mil milhões de euros só com as suas digressões ao longo dos anos. ‘Material Girl’, ‘Like a Virgin’, ‘Holiday’, ‘Like a Prayer’, ‘Vogue’, ‘Express Yourself’, ‘Ray Of Light’, ‘Music’, ‘Hung Up’ e ‘Bitch, I’m Madonna’ são apenas alguns dos temas que Madonna colocou o mundo a entoar.

A lista da publicação coloca ainda entre as mais ricas do mundo da música duas veteranas e duas artistas mais novas: Céline Dion, Barbra Streisand, Beyoncé e Taylor Swift.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Ivanka Trump volta a escrever sobre “mulhere…