Mansão onde Grace Kelly cresceu está à venda por um milhão de dólares

Está a ser anunciada como sendo a mansão cujas paredes ouviram, em 1955, o pedido de casamento feito pelo príncipe Rainier III do Mónaco a Grace Kelly. Inserida numa propriedade de 0,279 hectares, foi nela que a atriz viveu os primeiros anos da sua vida. Agora, está à venda por um milhão de dólares, qualquer coisa como 900 mil euros.

Construída entre os anos 1920 e 1930 pelo pai da intérprete, o atleta olímpico e empresário John B. Kelly, a mansão estilo colonial situada em Filadélfia, na 3901 Henry Avenue, com seis quartos e quatro casas de banho acolheu aquela que se viria a tornar princesa monegasca até esta se mudar para os históricos apartamentos Alden Park, na mesma cidade.

Um facto curioso é que no seu interior ainda se podem ver desenhos feitos pela mãe de Carolina, Alberto e Stephanie do Mónaco. Em torno da mansão encontra-se um jardim e um pátio privado.

Há dois anos, propriedade encheu páginas de jornais e sites ao saber-se que o seu dono anterior, de 81 anos e que a habitava desde 1973, a utilizou para manter gatos e cães em condições insalubres. Na altura, a Sociedade para a Prevenção da Crueldade Animal da Pensilvânia encontrou animais vivos e corpos em decomposição.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Eva Longoria recebe estrela no Passeio da Fama