Clitóris e prazer sexual feminino vão estar expostos em Algés

DSCF9178
[Fotografia: Diana Quintela] (Diana Quintela)

“A exposição enaltece o tema Amor Veneris (clitóris) numa perspetiva artística e científica, procurando promover uma experiência pedagógica, provocadora e irreverente”. É desta forma que a nova mostra, com curadoria da sexóloga Marta Crawford, quer trazer para a atualidade a discussão da sexualidade e do prazer sexual feminino.

A especialista vai fazê-lo através de uma exposição que vai estar aberta ao público de 25 de junho a 30 de dezembro no Palácio dos Anjos, em Algés.

[Fotografia: Diana Quintela]
Afirmando-se como iniciativa “pioneira em Portugal”, esta “viagem” conta com “cenografia d’Os Espacialistas e obras dos artistas Alice Geirinhas, Álvaro Leite Siza, Ana Mendieta, Ana Rito, Annette Messager, Clara Menéres, Ernesto de Sousa, Fátima Mendonça, Fernanda Fragateiro, Inês Norton, Isabel Baraona, Jamie McCartney, Janine Antoni, Julia Pietri, Julião Sarmento, Laure Prouvost, Louise Bourgeois, Lourdes Castro, Maria Beatriz, Maria Souto deMoura, Marta María Pérez, Noé Sendas, Paula Rego, Polly Nor, Sara Maia, Sophia Wallace, Sue Williams, Susana Mendes da Silva e Teresa Crawford Cabral. Serão também apresentadas obras inéditas de Ana Pérez-Quiroga, Ana Rocha de Sousa, Error-43 e da perfumista Cláudia Camacho”, lê-se no comunicado enviado às redações.

“Esta viagem ao prazer sexual feminino é o resultado de vários anos de trabalho na área da sexologia, enquanto psicoterapeuta e sexóloga, e na defesa dos direitos e da saúde sexual de todas as pessoas, particularmente, das mulheres, cuja sexualidade é ainda, tantas vezes, relegada para segundo plano”, afirma Marta Crawford, autora do projeto e curadora.

marta crawford
Sexóloga Marta Crawford [Fotografia: Divulgação]
E a especialista acrescenta: “É urgente que se fale sobre o direito ao prazer e sobre o impacto que a violação dos direitos sexuais tem sobre ele. Esta exposição é também uma forma de dar voz às mulheres e, por outro lado, é uma afirmação da importância do consentimento mútuo e do que isso representa”.

Recorde-se que esta é a primeira exposição do Musex-Museu Pedagógio do Sexo, um projeto da autoria de Marta Crawford, em 2010. “A missão do Musex é promover o conhecimento e a reflexão sobre a sexualidade humana, numa perspetiva educativa através de expressões artísticas e de conteúdos científicos. O seu programa de ação vai intervir de forma ativa na sociedade de forma a eliminar preconceitos, informar, divulgar e ensinar de forma direta, simples e pedagógica como se pode viver a sexualidade de forma feliz”, lê-se na nota.