Subir

Comer romã atrasa o envelhecimento

Romã

A romã tem propriedades que fortalecem os músculos envelhecidos e prolongam a vida. A garantia é dada por um grupo de cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne, na Suíça, que descobriram que esta fruta aumenta a produção de mitocôndria, uma substância que alimenta as nossas células e que, no corpo humano, vai diminuindo com o aumento da idade.

Além disto, os químicos naturais das romãs também se transformam em urolitina A, uma molécula que não só ajuda o corpo a regenerar-se como recarrega as células, atrasando o envelhecimento.


Leia também o artigo: Cuscuz com romã


“É uma substância completamente natural e o seu efeito é poderoso e mensurável”, explicou o professor Aebischer, co-autor do estudo, citado pelo Financial Times.

Esta investigação surgiu na sequência de um trabalho que os investigadores da Escola Politécnica Federal de Lausanne estão a fazer com a Amazentis, uma empresa de biotecnologia local, com o objetivo de desenvolver a próxima geração de produtos nutricionais.

Cátia Carmo