Subir

Estudo diz quantos amigos pode ter no Facebook

Estudo diz quantos amigos pode ter no Facebook (REUTERS/Dado Ruvic)

A quantidade astronómica de amigos que os nossos amigos têm no Facebook – ou seguidores no Twitter – deixa-nos muitas vezes a pensar que somos antissociais. Mas há um estudo que nos pode descansar: é que, apesar da diferença de números, essas pessoas até nem terão mais amigos ‘reais’ do que nós.


Leia também o artigo Cinco maneiras de estragar a sua relação com o Facebook


Robin Dunbar explica. Este antropólogo e psicólogo evolucionista, da Universidade de Oxford, desconstruiu o ‘mito urbano’ sobre termos mais amigos virtuais do que no mundo real.

Dunbar descobriu que o número médio de amigos no Facebook se aproxima do número real de relações sociais que uma pessoa estabelece: cerca de 150.

“Isto sugere que as limitações ao número de amigos que podemos ter offline têm também efeito no universo online”, diz o especialista. “Acredito que isto acontece porque a amizade requer, ocasionalmente, uma interação cara a cara – isto se for para manter por muito tempo.”

Não podemos ter mais amigos
O estudo realizado com três mil adultos, publicado na Royal Society Open Science, indica que existe um constrangimento inerente ao nosso cérebro, no que diz respeito ao tamanho da rede social que estabelecemos, que nem sequer é superado pelas potencialidades das comunicações online.

Robin Dunbar defende que as redes sociais online são capazes sim de evitar que amizades se percam, face à ausência de oportunidades para encontros pessoais. “No entanto, por si só, [as redes sociais] não são suficientes para impedir que amizades acabem por morrer naturalmente, se não forem ocasionalmente reforçadas pelos contactos cara a cara.”

B.C.M.