Subir

Morreu a cantora francesa France Gall

France Gall

A cantora francesa France Gall morreu hoje aos 70 anos vítima de cancro, disse à agência France-Presse a assessora de imprensa da artista, Genevieve Salama.

“Há palavras que nunca queremos pronunciar. France Gall juntou-se ao ‘Paradis blanc’ a 07 de janeiro, depois de ter desafiado durante dois anos, com discrição e dignidade, a reincidência do seu cancro”, afirmou Genevieve Salama.

Em 2016, a cantora já tinha sido hospitalizada. Num comunicado difundido na altura pela agência France-Presse, os seus porta-vozes informaram que France Gall tinha sido “hospitalizada após uma intolerância medicamentosa”.

No comunicado, afirmaram que a cantora fez todos os exames necessários “para ser tratada”. France Gall recuperou e os médicos disseram que podia retomar a atividade normal.

No final do passado mês dezembro, France Gall teve de ser novamente hospitalizada devido a uma infeção grave.

A sua última aparição pública foi na cerimónia dos Globos de Cristal a 30 de janeiro de 2017 no Lido de Paris.

France Gall, que sofreu vários dramas pessoais, descobriu ter cancro da mama após a morte súbita do seu marido, Michel Berger, em 1992, aos 44 anos, devido a um ataque cardíaco.

Oriunda de uma família de músicos, a cantora conheceu o sucesso aos 16 anos. Entre as suas músicas mais famosas estão “Poupée de cire, poupée de son”, “La Groupie du pianiste”, “Si, Maman, si”, “Ella, elle l’a”, “Quelques mots d’amour” e “Résiste”.

Imagem de destaque: GettyImages