Esta é a dieta mais fácil de cumprir em 2016

Vários especialistas em nutrição avaliaram 38 dietas e concluíram que a dieta da mente, boa para a saúde do cérebro e coração, é a mais fácil de cumprir este ano. Uma dieta que, segundo um estudo realizado por cientistas da Rush University Medical Center, em Chicago, nos EUA, pode reduzir o risco de desenvolver a doença de Alzheimer em mais de 53%.

Os resultados desta investigação, publicados na revista norte-americana Alzheimer & Dementia, foram obtidos após a aplicação de questionários sobre alimentação e vários exames neurológicos a mais de 900 pessoas, entre os 58 e os 98 anos. Todos os que seguiam esta dieta da mente, com uma alimentação rica em produtos hortícolas, nozes, feijão, carne branca, peixe, grãos integrais, azeite de oliva e vinho, tinham bons níveis de função cognitiva e um cérebro aparentemente cinco anos mais jovem que os restantes.


Leia também o artigo: Dieta paleo: devemos comer como os Flinstones?


O lado bom desta dieta é que não a impede de comer nada. Está dividida em alimentos a evitar e alimentos saudáveis para o cérebro. Só tem de comer muito poucas vezes aqueles que lhe fazem mal.

Se quer tentar seguir esta dieta veja, na galeria de imagens acima, o que deve comer todos os dias e em que quantidades pode comer os alimentos menos saudáveis.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Problemas digestivos dos idosos quase a terem solu…