Obama vai mudar-se para mansão em bairro rico de Washington

Ano novo, vida nova. Em janeiro de 2017, três meses depois da eleição do novo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama abandona a Casa Branca e muda-se de armas e bagagens para uma mansão de luxo, num bairro rico de Washington, no valor de 4,3 milhões de dólares (cerca de 3,8 milhões de euros)

O próximo lar de Obama, da mulher Michelle e das filhas, Malia e Natasha, já pertenceu a Joe Lockhart, secretário de imprensa durante o mandato de Bill Clinton. E os números impressionam: o imóvel tem 762 metros quadrados, nove quartos, “oito casas de banho e meia” (segundo o jornal ‘Politico’, que avançou a notícia), vários espaços de entretenimento e um vasto jardim.

Construída em 1928, tem ainda chão em mármore, uma cozinha gourmet, aposentos para um mordomo, uma ampla sala de jantar, vários salões e salas de estar, um escritório, um bar, uma adega, um ginásio e dois lugares de estacionamento.

Obama confirmou recentemente à imprensa norte-americana que, depois de cessar funções, pretende ficar na capital norte-americana ainda durante alguns anos, uma prática invulgar para um presidente. “Vamos ficar alguns anos em Washington, provavelmente para que a Sasha possa acabar a escola. Transferir uma pessoa a meio do liceu? É difícil”, disse.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Já conhece o projeto de verão de Carolina Patroc…