Os maiores nomes da moda foram entrevistados depois de mortos

Parece estranho, mas não é assim tanto, e prometemos que a autora destas entrevistas não é médium!

“Couture Confessions: Fashion Legends in Their Own Words” é o novo livro de Pamela Golbin, chefe de curadoria do Museu da Moda e do Têxtil inserido no Palácio do Louvre, em Paris. Ao contrário da maior parte das obras da autora, este não se trata de uma retrospetiva biográfica ou histórica, mas sim de um conjunto de entrevistas imaginárias, no mínimo curiosas, isto porque todos os entrevistados já morreram, alguns há muitos anos.

513tEF5rHDL (1)

O livro reúne onze entrevistas imaginárias, a grande particularidade é que apesar das perguntas nunca terem sido feitas, as respostas foram efetivamente dadas. Confuso? Nós explicamos: Pamela Goldin estava a fazer uma pesquisa para a biografia da Madame Vionet e ao encontrar declarações tão consistentes da designer percebeu que tinha material para uma entrevista. O processo estendeu-se a mais dez nomes incontornáveis da moda, sendo depois de uma longa pesquisa das suas declarações ao longo de anos, escolhidas perguntas a que estas respondiam, formando assim um compilação irresistível de entrevistas improváveis e impossíveis.

Coco Chanel, Paul Poiret, Pierre Balmain, Elsa Schiaparelli, Alexander McQueen, Saint Laurent e Jeanne Lanvin são alguns dos entrevistados póstumos deste livro que irá deliciar até quem tem medo de espíritos. O livro está a venda a partir de dia 7 de junho mas já se encontra disponível para pré-venda no amazon.


Veja também o último desfile da Chanel em Cuba.


 

 

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

30 vestidos para ir trabalhar