Já pode comprar Valentino e Saint Laurent em Portugal

A loja de luxo Stivali passa a ter dois andares e mais sete marcas, distribuídas entre dois shop in shop e cinco espaços personalizados. O site Delas.pt foi conhecer a loja remodelada e conversou sobre as novas apostas com os mentores da Stivali.

Manuel Casal e Eckhardt Frank, sócios e fundadores da Stivali há cerca de 35 anos, voltam a surpreender. Hoje é oficialmente inaugurado o novo andar da loja e dadas a conhecer as novas marcas que vão ocupar os mais de 500 metros quadrados que se juntam aos cerca de 600 já existentes. “Quando marcas de luxo aceitam desafios deste género é um orgulho e uma grande responsabilidade. Continuamos a trabalhar para surpreender quem escolhe a nossa loja para fazer as suas compras, que é objetivamente a mulher portuguesa. Temos clientes estrangeiras, mas é a portuguesa que nos procura fielmente desde o primeiro momento”, salienta Manuel Casal ao Delas.pt, acrescentando ainda que a cliente Stivali é uma “mulher trabalhadora, que gosta cada vez mais de ter boas peças de roupa e acessórios, que se preocupa com a imagem sem medo de mostrar que investe nos pormenores certos”.

Nos últimos sete anos a clientela da Stivali voltou a crescer, principalmente junto do público feminino entre os 30 e os 40, “mostrando que independentemente da conjuntura, existe a vontade e a necessidade de valorizar a vida profissional e pessoal. Nem todas as nossas clientes são mulheres de grandes posses económicas, mas o que nos apaixona é ver uma potencial cliente entrar na loja e dizer que deseja ter uma determinada peça ou um acessório, mas que tem um budget limitado. A nossa função é ajudá-la a realizar esse sonho e nunca desprezar quem tem menos em detrimento de quem pode mais”, admite Manuel Casal.

No novo andar vão estar as shop in shop da Saint Laurent e da Valentino, assim como os cinco corners exclusivos e personalizados da Dolce&Gabbana, Fendi, Roger Vivier, Chloé e Moncler. A nova área da loja foi feita pela arquitetura e designer de interiores Cristina Jorge de Carvalho e cada shop in shop foi da responsabilidade das respetivas marcas, o arquiteto David Chipperfield para a Valentino e o designer de moda Heidi Slimane (ex-diretor artístico da marca) para a Saint Laurent. “Cada vez mais as marcas de luxo pensam em abrir espaços exclusivos, de pequenas dimensões, uma vez que na Europa não compensa investir em lojas monomarca. Apesar de Portugal estar na moda, não justifica a Saint Laurent ou à Valentino ou mesmo à Chanel terem lojas próprias e acabam por procurar quem as possa representar, respeitando o conceito de cada projeto”, explica Manuel Casal.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Pelcor muda de mãos