Subir

Oprah Winfrey ganha novo desafio na TV

Seis anos após o fim do talk show ‘The Oprah Winfrey Show’, a apresentadora mais influente dos EUA está de regresso a um canal generalista em sinal aberto, ao ser nomeada “colaboradora especial” no formato de informação e entrevistas ’60 Minutes’, do canal CBS.

“Estou muito animada e orgulhosa por unir forças com este programa de cariz histórico, que para mim representa o bastião da narrativa jornalística “, disse Winfrey em comunicado. “Numa época em que as pessoas estão tão divididas, a minha intenção é trazer uma perceção e uma perspetiva relevantes, olhar para o que nos separa e ajudar a facilitar conversas entre pessoas de diferentes origens”, explicou a comunicadora.

Jeff Fager, produtor executivo do programa, mostrou-se entusiasmado com a colaboração de Winfrey no formato. “Existe apenas uma Oprah Winfrey. É alguém que alcançou a excelência em tudo aquilo que se predispôs a fazer. O seu trabalho é extraordinário, incluindo as centenas de entrevistas com diferentes percursos de vida. É uma mulher notável e talentosa com um nível de integridade que a diferencia e faz dela a pessoa perfeita para o ’60 Minutes'”, aclarou Fager.

Ao longo de duas décadas e meia, Oprah Winfrey tornou-se numa figura incontornável da televisão norte-americana com reconhecimento a nível mundial. Entre 1986 e 2011 Winfrey apresentou o célebre talk show ‘The Oprah Winfrey Show’. Em 2011, cria o seu próprio canal, OWN (Oprah Winfrey Network), transmitido no cabo, onde produz e conduz vários programas. Em 2013, o antigo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, atribui-lhe a distinção máxima que é permitida a um cidadão norte-americano, a Presidential Medal of Freedom.

Nuno Cardoso