Afinal o Yoga não é só para magrinhas

O yoga é muito mais que uma disciplina ou prática desportiva, é uma filosofia de vida que procura o equilíbrio entre o corpo e a mente.

A meditação e a reflexão são fundamentais nesta prática, que exige total concentração para que seja possível controlar cada movimento do nosso corpo. As posturas complicadas, que desafiam as leis da gravidade e exploram, até ao limite, a elasticidade do nosso corpo, parecem impossíveis para o comum dos mortais. Talvez por isso quando pensamos em yoga, lembramo-nos sempre de mulheres magras, como Gisele Bünchen e Alessandra Ambrosio, que postam nas redes sociais muitas fotografia em posturas de Yoga. Mas a verdade é que o Yoga é para todos, até para mulheres com um peso acima do que o seu corpo deveria suportar.

Dana Falsetti é uma destas mulheres inspiradoras. Natural da Pensilvânia, Dana começou a praticar esta atividade quando perdeu cerca de 30 kg e percebeu que apesar de ter emagrecido continuava deprimida e infeliz.

“Depois de ter perdido todo aquele peso, eu continuava como antes. Continuava triste, sem auto-estima, estava cada vez mais confusa e perdida. Fui para o Yoga porque era algo novo para experimentar, numa altura em que tinha vontade de desistir.

Grande parte de mim só desejava um tempo de silêncio, meditação e reflexão. Eu não fazia ideia que a parte física do Yoga me iria levar para um caminho de força interior que era tudo o que eu estava a precisar.” contou a professora de Yoga ao Daily Mail Online.

Dana na altura pesava cerca de uma centena de quilos, peso que ainda mantém. Devido à sua estrutura física a Yogi chegou a dúvidar que algum dia iria conseguir concretizar as posturas de suspensão mais complicadas, mas com treino conseguiu, percebendo que esta atividade poderia ser praticada por mulheres com todo o tipo de corpo. A americana é hoje professora de Yoga e uma inspiração para mulheres de todo o mundo com uma conta de instagram com cerca de 216 mil seguidores. Para além dos workshops e aulas, Falsetti lançou no início do ano uma série de aulas online em parceria com a plataforma Cody, que também conta com pacotes de aulas dados por Jessamyn Stanley, outra Yogi plus size.

Jessmyn tem um número de seguidores mais modesto no instagram, mas tal Dana é uma prova de que não existem corpos ideais para praticar Yoga. Outra estrela das redes sociais, que se junta a esta realidade é Valerie Sagun mais conhecida como Big Gal Yoga.

Estas três mulheres são o reflexo de que o nosso corpo não tem de ser um obstáculo, nem um motivo de julgamento. Deixe-se inspirar pelas imagens da nossa galeria.


Veja também o que acontece quando o yoga e o surf se juntam.


 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Tudo o que precisa de saber sobre o running