Ellen DeGeneres chora ao receber medalha presidencial

ng7890737

Visivelmente emocionada e sem conseguir conter as lágrimas. Foi assim que Ellen DeGeneres foi distinguida, esta terça-feira na Casa Branda, ao receber a Medalha Presidencial da Liberdade pelas mãos de Barack Obama, a quem deu um forte abraço no ato da entrega da medalha.

“Num momento crucial, a sua coragem e honestidade ajudaram a mudar a mentalidade de milhões de norte-americanos, acelerando as nossas nações em direção à igualdade e a uma aceitação de todos”, começa por explicar, em voz alta, um porta-voz da Casa Branca, num elogio em torno da atitude que a apresentadora teve em assumir a sua homossexualidade, em 1997.

“Volta e meia, Ellen DeGeneres mostra-nos que uma única pessoa pode tornar o mundo num lugar mais divertido, aberto e com mais amor, desde que continuemos a nadar”, ouvia-se ainda na sala da Casa Branca, em referência à personagem Dory, dos filmes ‘À Procura de Dory’ e ‘À Procura de Nemo’, à qual a humorista e atriz, de 58 anos, casada com Portia Di Rossi, dá voz.

A apresentadora do ‘Ellen DeGeneres Show’ foi uma das 21 personalidades agraciadas com a Medalha Presidencial de Liberdade, entregues desde 1963, por iniciativa do presidente John F. Kennedy, e são uma das maiores distinções que podem ser dadas a um civil.

Para além da comediante, foram também homenageados Tom Hanks, Robert de Niro, Bruce Springsteen, Diana Krall, Frank Gehry, Bill Gates e a sua mulher Melinda, Michael Jordan e Kareem Adbul-Jabbar, entre outros.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Kate Middleton pintou ovos de dinossauro