Harry confirma namoro e revolta-se contra assédio dos media

collage3

Está confirmado o namoro entre o Príncipe Harry e a atriz norte-americana Meghan Markle. Apesar de esta já não ser a primeira vez que o irmão de William confirma uma relação o Palácio de Kensington abriu um precedente ao enviar um comunicado, esta terça-feira, a defender a atriz da atenção mediática, nem sempre positiva, da qual a jovem tem sido alvo nos últimos tempos.

No documento, publicado no Twitter, a família real britânica condena os comentários “racistas e sexistas” de que Meghan Markle tem sido alvo nas redes sociais e acusa os media, nomeadamente os tabloides, de “terem ultrapassado os limites” em torno da nova relação.

Recorde-se que, desde que se soube desta relação, o passado de Meghan Markle tem sido descortinado pela imprensa, com entrevistas a ex-namorados, associações da atriz a sites pornográficos e até declarações da sua irmã a chamá-la de “alpinista social”.

O Palácio de Kensington frisa que Harry, de 32 anos, nunca tomou quaisquer ações judiciais em torno de histórias falsas publicadas nos media e que sempre tentou manter uma relação profissional com os meios de comunicação. Mas adverte: “Os limites foram ultrapassados esta semana. A namorada de Harry, Meghan Markle, tem sido alvo de abuso e assédio. E muitas vezes de forma pública: as manchas nas primeiras páginas de jornais nacionais, o tom racista de comentários, o sexismo e o racismo de bullies nas redes sociais e nos comentários de artigos online“, lê-se no comunicado.

A família real britânica revela, ainda, que tem travado lutas legais à noite, para evitar a publicação de artigos difamatórios nos jornais e que a mãe da atriz se tem deparado com fotógrafos à porta da sua casa, tendo alguns deles “tentado entrar na mesma casa de forma ilegal”.

“O Príncipe Harry está preocupado com a segurança de Miss Markle e sente-se profundamente desiludido por não a ter conseguido proteger. Não é saudável, numa relação de dois meses, ser-se exposto a este tipo de tempestade. Isto não é um jogo – é a vida dele e dela. Harry pediu que esta declaração fosse enviada para que os jornalistas parem e reflitam antes que mais estragos sejam feitos”, remata o Palácio de Kensington.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Uma folga para Britney? Ir a um ‘show’…