Tenista checa foi assaltada em casa

Petra Kvitova

A tenista checa Petra Kvitova declarou esta terça-feira ter ficado lesionada com gravidade na mão esquerda, depois de ter sido vítima de um assalto na sua casa, em Prostejov, na República Checa.

Numa mensagem publicada na rede social Facebook, a atleta, de 26 anos, explicou que os ferimentos, sofridos quando se tentava defender do agressor, exigem a observação de especialistas, confessando ainda o seu alívio por “estar viva”.


Leia também os artigos:
Kim Kardashian muda de estilo depois de assalto
Kardashian recebe proposta milionária para falar sobre assalto
Khloé Kardashian revela que Kim “não está bem” depois de assalto em Paris


“Como já devem saber, fui hoje atacada no meu apartamento por um indivíduo com uma faca. Numa tentativa de me defender, fiquei gravemente ferida na minha mão esquerda. Estou abalada, mas feliz por estar viva. A lesão é grave e vou precisar de ser seguida por especialistas”, afirmou.

Logo após a divulgação da notícia do ataque, Petra Kvitova recebeu inúmeras mensagens de apoio e solidariedade nas redes sociais. A tenista mostrou-se sensibilizada com o afeto recebido e agradeceu aos fãs, a quem também pediu respeito pela privacidade ao longo da sua convalescença.

“Obrigado a todos novamente pelo vosso amor e apoio. Agora, desejo alguma privacidade para me concentrar na minha recuperação”, acrescentou a campeã de Wimbledon em 2011 e 2014.

O jornal diário checo Dnes escreveu que a tenista sofreu alguns cortes na mão esquerda, mas, segundo o seu porta-voz, Karel Tejkal, está “a ser acompanhada por médicos”.

A estrela de ténis checa também está a recuperar de uma lesão no pé, que a deixará de fora da Taça Hopman, prova entre seleções mistas, que se inicia a 01 de janeiro.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Michelle Obama está farta de ser chamada “m…